Notí­cias

Desrespeito: alunos de Medicina realizam trote ofensivo à Enfermagem

Publicado em:

A Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), entidade sindical de segundo grau, e sindicatos filiados, tomou conhecimento do trote realizado por aproximadamente 300 alunos aos calouros do curso de Medicina da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase), localizada em Petrópolis, RJ.

Durante as duas horas da brincadeira, veteranos e novos alunos cantaram um hino que entoava a frase “Ô Enfermeiro, vai se f… nós somos os filhos que seus pais queriam ter”.

Além do total desrespeito com os milhões de enfermeiros e enfermeiras brasileiros, é decepcionante ver que futuros médicos sequer tem o conhecimento que a saúde é formada por equipes multiprofissionais. Surpreendente a atitude de futuros trabalhadores que, diante de tal comportamento, só mostram que ainda temos centros de formação que se baseiam no conceito médico-centrado, o qual o médico é o principal ator na assistência à saúde. Totalmente fora da realidade.

A Enfermagem é a única categoria que permanece 24 horas por dia, 365 dias por ano junto ao paciente. São os profissionais enfermeiros que acompanham todas as fases da vida, desde o nascimento até a morte. A Enfermagem é a base de sustentação da saúde!

A FNE registra seu total repúdio ao comportamento desses calouros e veteranos e encaminhará uma solicitação para que a reitoria da Faculdade Arthur Sá Earp Neto esclareça quais medidas tomará para que fatos como esse não voltem a se repetir, além do pedido de retratação do coordenador da graduação de Medicina em nome dos calouros e veteranos.