Notí­cias

FNE convoca todos os trabalhadores para a Greve Geral

Publicado em:

No próximo dia 28 acontecerá em todo país um grande movimento de greve convocado pelas centrais sindicais de trabalhadores.

Essa ação visa protestar contra a Reforma Trabalhista e a Reforma da Previdência propostas pelo atual Governo Federal e que ameaça os direitos dos milhões de trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. A recente aprovação da terceirização já foi um forte golpe que cabe agora lutar para que os impactos não sejam tão prejudiciais.

A Reforma Trabalhista retira direitos tão arduamente conquistados e que os sindicatos lutam constantemente para mantê-los e, anualmente, negociam melhorias em suas negociações com os sindicatos patronais.

A PEC 287, popularmente conhecida como reforma previdenciária, também dificultará o acesso ao benefício da aposentadoria, diminuirá os valores recebidos ou, para tê-los integralmente, o cidadão brasileiro terá que contribuir por muito mais tempo, atingindo a aposentadoria com idade já avançada.

Para os milhares dos enfermeiros, a PEC 287 também coloca em risco a aposentadoria especial, sugerida pela FNE e transformada em Projeto de Lei do Senado 349/2016. A esses profissionais, o direito de aposentar com 25 anos de contribuição irá por água abaixo se a proposta for aprovada.

O Governo Federal iniciou uma campanha publicitária na mídia com o objetivo de convencer a população que as mudanças apresentadas serão benéficas e se fazem totalmente necessárias no atual momento de crise instalado no país. Porém, fica a questão: por que mexer nos direitos dos trabalhadores ao invés de aplicar outras estratégias para essa normalização da economia? Sabemos que existem outras formas de acertar os cofres públicos sem retirar nossos direitos.

Sendo assim, a Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), convoca todos os enfermeiros a se unir contra a Reforma Trabalhista e a Reforma da Previdência. No dia 28 de abril, manifeste a sua posição contrária a essa retirada de direitos.

Se for possível, paralise as suas atividades por uma hora. Utilize uma faixa preta no braço em sinal de protesto. Mobilize os demais colegas de profissão.

Somos milhares de enfermeiros e enfermeiras em todo o país e temos que demonstrar a força da nossa categoria.

Aos sindicatos, organize suas bases e vamos para a rua dizer NÃO à Reforma da Previdência! NÃO à Reforma Trabalhista! Por nenhum direito a menos!